Instituto Australis

O Instituto Australis de Pesquisa e Monitoramento Ambiental é uma entidade civil sem fins lucrativos criada em 2015 para auxiliar na manutenção das atividades do Programa de Pesquisa e Conservação da Baleia Franca – Projeto Baleia Franca.

Desde 2015 o Instituto é uma das instituições executoras Programa de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos – PMP-BS, uma condicionante do licenciamento ambiental do IBAMA para a produção e exploração de gás e petróleo pela Petrobras na Bacia de Santos.

O Instituto é dirigido por:

Diretor Administrativo: Helder Canadas (hlder.ca@gmail.com)

Diretora de Pesquisa: Karina Groch (karina@baleiafranca.org.br)

Prêmios

Em 2017 o Instituto Australis ganhou dois prêmios em reconhecimento ao seu trabalho e ao Projeto Baleia Franca.

Troféu Onda Verde – 24ª Edição Expressão de Ecologia 2017

Em 2017 Instituto Australis recebeu o Troféu Onda Verde, pela iniciativa Projeto Baleia Franca – 35 anos de Pesquisa e Conservação. O  prêmio é uma iniciativa da Editora Expressão e é concedido durante o Fórum de Gestão Sustentável realizado anualmente na sede da Fiesc, em Florianópolis (SC). O evento reúne representantes de empresas, ONGs e setor público que se destacam em sustentabilidade na região Sul do Brasil. O Fórum de Gestão Sustentável 2017 premia empresas e instituições com representatividade no meio ambiente. http://www.expressao.com.br/noticias/materias/28-07-17-forum-de-gestao-sustentavel-2017.php Recebemos nosso troféu das mãos do Ricardo Castelli Vieira, chefe da Reserva Biológica do Arvoredo, ICMBio.

Prêmio Fritz Müller – 19ª edição

Em 2017 o Instituto também recebeu um outro reconhecimento, também com o case Projeto Baleia Franca – 35 anos de Pesquisa e Conservação, durante o Premio Fritz Muller oferecido pela FATMA (Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina). O Instituto recebeu o Certificado Fatma de Gestão Ambiental, na categoria Instituto de Pesquisa, por ser um projetos de destaque na área ambiental. O Prêmio leva o nome do ambientalista e padre alemão, Johann Friedrich Theodor Müller, que viveu por 45 anos em Blumenau e foi reconhecido mundialmente por seus estudos. O prêmio é destinado a quem possui iniciativas de cuidados com o meio ambiente, além do que determina a legislação ambiental.

http://sc.gov.br/index.php/noticias/temas/meio-ambiente/fatma-divulga-ganhadores-do-premio-fritz-mueller-2

 

Agradecimentos

Aproveitamos para agradecer, de forma especial, a todos que de alguma forma contribuíram ao longo desses 35 anos e aos jurados dos dois prêmios, por reconhecer nosso trabalho de pesquisa de conservação da baleia franca!