Karina Groch

Bióloga, Doutora em Biologia Animal pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, saiu da sua terra natal, Erechim no Rio Grande do Sul, e fez uma longa e dedicada caminhada em busca de sua realização profissional, participando de renomados Projetos como Tamar, Baleia Jubarte e Golfinho Rotador, para em 1996 descobrir as baleias francas em Santa Catarina. Iniciou sua participação no Projeto Baleia Franca como estagiária em 1996, e atualmente é Diretora de Pesquisa do Instituto Australis, e realiza a coordenação geral das atividades. Lidera uma equipe de biólogos, oceanógrafos, monitores e voluntários que se dedicam à conservação das baleias e de outros animais marinhos que ocorrem em nossa costa, através dos programas de monitoramento realizados pela instituição.