banner IA-2

A baleia-franca ainda é classificada como “em perigo” na lista nacional de espécies ameaçadas de extinção, porém vem se recuperando do período de caça.

É a única espécie de baleia ameaçada de extinção que reproduz na costa do Brasil.

ProFRANCA – Projeto Franca Austral

É o novo projeto realizado pelo Instituto Australis, e conta com patrocínio Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

O ProFRANCA chega para somar em prol da conservação da espécie!

Tem como objetivo geral conservar a baleia-franca-austral tanto através da continuidade de pesquisas realizadas a longo prazo, como pela execução de metodologias inovadoras aplicadas para descobertas de novas informações biológicas sobre a espécie.

A sensibilização e responsabilidade ambiental também estão presentes através de ações de mobilização social, educação ambiental, capacitações e atividades escolares, contribuindo para a formação de cidadãos ativos na valorização do meio ambiente e na construção de uma sociedade mais equilibrada e sustentável.

SENSIBILIZACAO-INSTITUTOAUSTRALIS

Nos últimos anos, o número médio de baleias-franca registradas no sul do Brasil vem sofrendo oscilações, assim como vem sendo constatadas alterações no tempo de permanência na área reprodutiva. A espécie ocorre em águas costeiras fortemente influenciadas por atividades antrópicas. A presença das baleias próximo à costa durante o inverno apresenta relevância no desenvolvimento socioeconômico da região, uma vez que permite desenvolver um setor singular do turismo.

Elucidar os fatores que interferem na presença das baleias-franca no sul do Brasil é essencial para a conservação da espécie, assim como para a manutenção dos benefícios socioambientais proporcionados pela da presença das baleias na região.

Alinhando a pesquisa e o desenvolvimento socioambiental da região sul do estado de Santa Catarina, o ProFRANCA busca trabalhar de modo a conservar e valorizar a baleia-franca-austral no sul do Brasil.

IMG_6079-Mae+filhote-InstitutoAustralis3

Conheça os principais objetivos específicos do ProFRANCA:

  • Ampliar o conhecimento científico sobre a baleia-franca-austral;
  • Realizar o mapeamento das zonas de atividade pesqueira na principal área de ocorrência da baleia-franca identificando possíveis áreas de interação;
  • Desenvolver a responsabilidade ambiental coletiva utilizando a baleia-franca como espécie símbolo;
  • Fortalecer o turismo local através de capacitação de condutores ambientais;
  • Contribuir com a fortalecimento e formulação de políticas públicas na conservação da baleia-franca.

O ProFRANCA contempla ações cujos resultados contribuem para um melhor conhecimento sobre uma espécie ameaçada e seus hábitos, atendendo ao Plano de Ação Nacional para a Conservação da Baleia Franca, gerando subsídios para a formulação de políticas públicas, bem como informações relevantes para licenciamentos.

Conheça as principais ações do ProFRANCA:

1. Realizar o monitoramento aéreo da baleia-franca-austral no litoral sul do Brasil;
2. Realizar o monitoramento terrestre a partir de pontos fixos na região da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca (APABF);
3. Realizar saídas embarcadas para coletar amostras de pele e analisar a ecologia alimentar da baleias-franca;
4. Realizar entrevistas com pescadores na região da APABF a fim de conhecer as zonas de pesca e identificar áreas de sobreposição com as áreas de ocorrência das baleias-franca;

5. Realizar o “Programa Escola Franca” e o programa “ABC do Franquinho: descobrindo o mar na primeira infância” escolas de Garopaba, Imbituba e Laguna/SC;
6. Realizar oficinas e ações especiais no Mês da Baleia Franca, em eventos e datas comemorativas;
7. Realizar o programa “De Férias com as Baleias” (dezembro, janeiro e fevereiro);
8. Promover cursos de capacitação para condutores ambientais, guias e profissionais que atuam com turismo na região, sobre o papel ecológico da baleia-franca de modo a qualificar o turismo de conservação;
9. Contribuir com medidas de gestão e políticas publicas para a conservação da baleia-franca-austral na região da APABF.